Como se tornar um motorista Uber: o que você precisa saber

Se você gosta de dirigir e está precisando ganhar uma graninha extra no final do mês, um dos serviços disponíveis é trabalhar como motorista do Uber.

É possível ganhar uma média de R$2.000 por mês. Até mais, dependendo do estado e cidade onde você estiver pensando em atuar. Mas será que vale a pena? A resposta é simples e direta: sim. Principalmente para quem é jovem e está entrando no mercado de trabalho e precisa de uma renda extra e tem tempo livre, esse é o nicho no qual você ganha de acordo com o tempo dedicado ao serviço, muito parecido com um trabalho freelancer.

Até mesmo para quem está aposentado, é uma ótima forma de se manter ativo e melhorar a renda da aposentadoria. Independentemente se você é jovem ou mais velho, homem ou mulher, ser motorista do Uber pode ser o trabalho ideal. O rendimento pode variar de acordo com o tipo de Uber que você pretende dirigir.

No caso do Uber X, o aplicativo cobra 25% sobre o valor da corrida paga no cartão de crédito. Caso você pretenda trabalhar com o Uber Black, serão cobrados 20% do total da corrida. Continue lendo esse artigo para saber mais detalhes de como se cadastrar e o que é preciso.


 Muitas pessoas acham que a primeira coisa a ser feita é simplesmente se cadastrar no site da Uber e começar o processo para se tornar um motorista credenciado. Mas não é esse o caso. O ideal é ir ao Detran de sua cidade e adicionar à sua carteira de motorista o EAR (Exerce Atividade Remunerada). Esse documento é essencial e imprescindível para se tornar um motorista licenciado. Pague o DUDA através desse link:

https://banco.bradesco/html/exclusive/produtos-servicos/outros/pagamentos.shtm.

Selecione a opção 2054. Depois agende uma visita ao Detran mais próximo a você e busque seu documento. Após o fim desse procedimento, cadastre-se no site do Uber através do link:

https://www.uber.com/pt-BR/.

O site pedirá que você faça o upload de uma foto da sua carteira de habilitação já com a observação EAR acrescentada, depois os documentos do seu veículo (preferencialmente o documento atual com o IPVA do ano já pago) e também o CRLV, Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo.


Além desses documentos e de precisar possuir um carro de quatro portas e com ano de fabricação a partir de 2008, o motorista interessado em trabalhar com o Uber também precisa:


Ser maior de 21 anos;
Não ter antecedentes criminais (esse documento pode ser conseguido junto à Secretaria de Segurança Pública);
Passar em um teste psicológico;
Não ter um processo judicial em aberto;
Ter um dos veículos listados no site oficial;
Possuir um seguro chamado APP - Acidentes Pessoais de Passageiros;
E, claro, um smartphone.


Depois de se cadastrar no site e fazer o upload de todos os documentos exigidos, espere que seu registro seja analisado e logo receberá uma resposta se você está ou não qualificado para se tornar um motorista Uber. Uma vez aprovado, baixe seu aplicativo e espere alguém solicitar uma corrida. Lembre-se, não há uma quantidade mínima de horas de trabalho. Você ganha de acordo com o tempo dedicado ao aplicativo. É possível trabalhar o dia todo ou apenas nos finais de semana, você escolhe e é livre para definir seus horários.


Caso esteja preocupado com sua segurança, o Uber levar isso muito a sério, tanto para o motorista quanto para o passageiro. Sempre que aceitar uma corrida, você receberá as informações do passageiro, como o nome, e-mail e número de telefone. Então, fique ligado e sempre pergunte para quem estiver entrando no seu carro se aquela é realmente a pessoa que o chamou. Já o seu número de telefone é substituído para sua segurança. O passageiro é capaz de entrar em contato com você, mas usando um número de telefone diferente do seu. Não se esqueça que cada viagem é avaliada pelo passageiro, e caso a sua nota caía abaixo de 4,6, você pode perder sua licença. Então, leve essa dica a sério: seja sempre cordial com seus passageiros. Assim, certamente sua média se manterá alta e não haverá problemas. O Uber também mantém uma equipe de resposta a acidentes 24h por dia, então, caso haja algum problema, não hesite em entrar em contato.

Boas corridas!

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 0

Comentários

0 comentário

Por favor, entre para comentar.